• dev
  • mobile
25 de Outubro, 2019
5 minutos de leitura

Mobile First! você já ouviu falar nesse termo?

O que é mobile first?

 

Ao contrário do que acontece na maioria das vezes, o conceito de mobile first vem com uma ideia de criar um projeto pensando primeiro em dispositivos móveis, para depois pensar em criar adaptações para o desktop e outras plataformas. Sua tradução literal significa móvel primeiro.

 

Criado pelo diretor do produto do Google Luke Wroblewski, em final de 2009 e inicio de 2010, virou febre nos profissionais de marketing e tecnologia.

 

Qual é o processo feito hoje em dia para os projetos web?

 

Nos tempos atuais, a maioria das empresas desenvolve os seus sites pensando primeiro no desktop, como tela principal e a partir disso, de acordo com a necessidade, o conteúdo é adaptado para atender a demanda dos dispositivos móveis. Com o mobile first, os papéis são totalmente ao contrario.

 

O smartphone, por exemplo, se transformou na primeira opção, deixando de lado os monitores. Desde 2014 os computadores recebem uma derivação do que foi arquitetado já para o mobile.

 

A tendência, a partir de agora é, investir em estratégias digitais, pensando nas menores telas, favorecendo assim, a experiência do usuário em termos de performance e usabilidade da página, além da comodidade do acesso ao conteúdo.

 

Por que investir?

 

Um relatório da GSMA apontou que o Brasil é o país com mais smartphones conectados da América Latina. Até o fim de 2017, foram contabilizadas mais de 234 milhões de conexões, e a tendência é que esse número seja cada vez maior.  O percentual de tráfego de dados via mobile aumenta, em média, 50% a cada ano.

 

Vendo esse crescimento constante ao redor do mundo, a tendência é que a maneira mais fácil e eficiente de chegar até um determinado público seja por meio dos dispositivos móveis. O conceito de mobile first virou prioridade e é uma necessidade urgente do mercado.

 

Proporcionar uma experiência inovadora e completa para os usuários, passou a ser essencial onde o foco de todos os projetos da web esteja prioritariamente nos dispositivos móveis, e que as outras ideias sejam consequência. Assim, é possível potencializar o seu conteúdo, destacar os assuntos mais relevantes, otimizar os processos e, por fim, atingir o seu público de forma cada vez mais eficiente.

 

Quais são as vantagens do mobile first?

 

O Google em 2018 anunciou oficialmente uma mudança no qual já era de se esperar. De agora em diante, os formatos de indexação e alocação na sua plataforma seguiriam o conceito de mobile first. Essa alteração seguiu a tendência do que já era esperado, ou seja, o número de acessos por dispositivos móveis superou o acesso por desktop.

 

Nesse novo formato, as páginas serão classificadas e alocadas na plataforma de busca do Google com base em suas experiências mobile. Pode-se dizer, que as pessoas que tem um site otimizado em dispositivos móveis, já está atualizado no mercado e pronto para a essa nova era da tecnologia.

 

Melhor experiência para o usuário

 

O Layout do mobile é de uma realidade de tela muito inferior ao desktop. Seus programas e conteúdos passam de forma mais otimizada e às vezes não há espaço para tanta informação. O que ocorre geralmente é que, na versão mobile ele é pensado na usabilidade rápida, sem perder a eficiência das funcionalidades que existem no desktop.

Todas essas mudanças impactam diretamente na experiência de navegação do usuário, que estará muito mais focada na usabilidade, acessibilidade das informações e conteúdos das páginas.

 

Aumento da credibilidade da marca

 

Disponibilizar em uma plataforma mobile acrescenta credibilidade para o negocio, trazendo uma melhor experiência e visualização em seu dispositivo móvel. As mesmas informações, em comparação com o desktop, agregam maior valor na marca e nos serviços que você desenvolve, mostrando que você, como desenvolvedor, está preocupado com o seu  usuário.

 

Por fim, seus concorrentes passaram a ter a visão de que você está querendo inovar e trazer a tecnologia a seu favor.

 

Otimização do carregamento das páginas

 

O carregamento de mídias, como fotos e vídeos deve ser considerada na experiência em mobile, no desktop geralmente temos um usuário ligado a uma banda larga, e com maior quantidade de espaço de execução. Diante disso a tendência é que os desenvolvedores busquem cada vez mais, criar, planejar e executar soluções mais eficientes, para um carregamento de paginas ou retorno nas aplicações com mais qualidade.

 

O consumo de dados, sempre deve ser levado em consideração. Hoje existem, na sua grande maioria, planos de internet limitada para dispositivos moveis, diferente de um desktop, que tem uma banda larga de acesso ilimitado. Um site responsivo é a essência do conceito para o mobile first. O layout especifico, uma tela melhor, deve ser também levado em consideração. Digamos que desenvolver um novo produto com novas tendências e pensar em todas as adversidades, gera um espirito de desafio constante. 

 

Longe de ser uma tarefa fácil, mas pensar a partir do mobile first é querer se preparar para um futuro que já chegou. As novas gerações estão em busca de simplicidade e usabilidade, consequentemente ficando cada vez mais online.